Localidade
Brasil
 

Autoridade
Supremo Tribunal Federal. 1ª Turma
 

Título
ARE 731529 AgR / SP - SÃO PAULO
 

Data
18/06/2013
 

Ementa
Ementa: AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. CIVIL. CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE VEÍCULO. BAIXA DO GRAVAME PELA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA. CONFIGURAÇÃO DE DANOS MORAIS E MATERIAIS. AUSÊNCIA DO NECESSÁRIO PREQUESTIONAMENTO. OFENSA REFLEXA AO TEXTO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL. REEXAME DO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO JÁ CARREADO AOS AUTOS. IMPOSSIBILIDADE. INCIDÊNCIA DA SÚMULA 279/STF. REPERCUSSÃO GERAL NÃO EXAMINADA EM FACE DE OUTROS FUNDAMENTOS QUE OBSTAM A ADMISSÃO DO APELO EXTREMO. 1. O prequestionamento é requisito indispensável, por isso que inviável a apreciação, em sede de recurso extraordinário, de matéria sobre a qual não se pronunciou o Tribunal de origem, incidindo o óbice da Súmula 282 do Supremo Tribunal Federal. 2. A violação indireta ou reflexa das regras constitucionais não enseja recurso extraordinário. Precedentes: AI n. 738.145 - AgR, Rel. Min. CELSO DE MELLO, 2ª Turma, DJ 25.02.11; AI n. 482.317-AgR, Rel. Min. ELLEN GRACIE, 2ª Turma DJ 15.03.11; AI n. 646.103-AgR, Rel. Ministra CÁRMEN LÚCIA, 1ª Turma, DJ 18.03.11. 3. Os postulados da legalidade, do devido processo legal, da ampla defesa, da motivação dos atos decisórios, do contraditório, dos limites da coisa julgada e da prestação jurisdicional, acaso violados in casu, resultaria em violação indireta ou reflexa à Constituição Federal. Precedentes: AI n. 803.857-AgR, Rel. Min. CELSO DE MELLO, 2ª Turma, DJ 17.03.11; AI n. 812.678-AgR, Rel. Min. ELLEN GRACIE, 2ª Turma, DJ 08.02.11; AI n. 513.804-AgR, Rel. Min. JOAQUIM BARBOSA, 1ª Turma, DJ 01.02.11 . 4. A Súmula 279/STF dispõe verbis: Para simples reexame de prova não cabe recurso extraordinário. 5. É que o recurso extraordinário não se presta ao exame de questões que demandam revolvimento do contexto fático-probatório dos autos, adstringindo-se à análise da violação direta da ordem constitucional. 6. In casu, o acórdão originariamente recorrido negou provimento ao recurso inominado, mantendo a sentença que tornou definitiva a liminar, reduzindo o total devido a título de multa diária para R$ 3.000,00 (três mil reais), e arbitrou indenização por dano moral em R$ 2.000,00 (dois mil reais), considerando que o autor permaneceu impedido de licenciar seu automóvel, dele se utilizar e dispor, antes da baixa do gravame. 7. Agravo regimental desprovido.
 

Nome Uniforme
urn:lex:br:supremo.tribunal.federal;turma.1:acordao;are:2013-06-18;731529-4378629
 

Mais detalhes
Supremo Tribunal Federal Linker ( text/html ) Supremo Tribunal Federal
[ http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/listarJurisprudencia.asp?s1=ARE-AgR(731529%20.NUME.)&base=baseAcordaos ]
 

Publicação Oficial
Publicação Original
2013-07-01
Diário da Justiça Eletrônico. 01/07/2013. p.


Outras Publicações
Publicação Original
2013-06-18
Supremo Tribunal Federal (application/pdf) Supremo Tribunal Federal
[ http://www.stf.jus.br/portal/inteiroTeor/obterInteiroTeor.asp?numero=731529&classe=ARE-AgR ]




Links para esta página

HTML (só texto)


HTML (com imagem)



2014-03-11T03:59:24.000Z [ 141537 ]